vergonha

hoje não escrevo (???!!!!), sinto-me envergonhado com esta europa que todos construímos, é certo que uns mais que outros, mas sinto-me envergonhado;

as imagens chocam, confrontam-nos com os nossos valores, com pregões de sempre, da solidariedade oca às palavras vazias;

sinto vergonha das imagens, do atropelo, da canalhice que uns e outros nos fazem;

sinto-me envergonhado por estar na escola a transmitir a jovens ideias e ideias democráticos, de respeito, de tolerância, de acolhimento, valores e crenças que nos ocupam o espírito há mais de dois mil anos, mas do qual fazemos, persistentemente, tábua rasa, folha em branco, papel esquecido;

Comentários

Mensagens populares deste blogue

em pausa pedagógica

de regresso

a sociedade na sala de aula