opções e construções

no mesmo dia em que saíram as colocações do ensino superior fiquei a saber de dois alunos que mudaram radicalmente de vida e de opções;

um, terceiro ano de veterinária muda-se para design; outro troca matemática aplicada por direito no final do primeiro ano; um e outro fizeram, como alunos externos, as disciplinas em falta de ensino secundário, o primeiro na área da história da cultura e das artes, o segundo em história A;

surpresa para todos os que ouviam os rapazes a dar conta das suas opções; inicialmente ninguém conseguiu comentar, só momentos de depois da surpresa, claramente generalizada, alguém pergunta se estão malucos;

não estão; o pessoal constrói e define os seus sentidos de vida cada vez mais tarde, exatamente como em tudo o resto, crescemos mais tarde, tornamo-nos adultos mais tarde, casamos mais tarde;

a grande treta é que a escola prepara mal estes sentidos, organizada que está para processos de normalização e homogeneização;

Comentários

Mensagens populares deste blogue

em pausa pedagógica

de regresso

a sociedade na sala de aula