e pronto, começou

e pronto, efetivamente a coisa começou e, com esse princípio, algumas expetativas, alguns anseios e outras tantas coisas;

por parte de todos, professores e alunos, mas também pais/encarregados de educação, funcionários das escolas quando não mesmo municipais, cá vamos nós, cantando e rindo;

gostei de ouvir os primeiros comentários ao que eu disse e chamei a atenção em reuniões de conselho de turma, então, já começaste a trabalhar em projeto? espero, aguardo por o que me dirão lá mais para a frente, é esperar;

gostei de sentir os rostos algo surpreendidos por se ter começado, as palavras assim a modos que desafiadoras de um ou de outro mais reguila, mais desinibido; as dúvidas do que fazer de um ou de outro;

supreendeu-me, ou talvez não, os poucos, muito poucos daqueles com quem estive de manhã, saberem o que querem fazer no 10º; a maioria não faz a mínima ideia; cá está um objetivo para este ano, ajudar o pessoal a pensar e a construir uma ideia do que fazer daqui a três anos;

surpreenderam-me dois ou três alunos, já com 16 e 17 anos (que estão no 7º) que falharam vocacionais e pief's e que reiniciam o percurso; um por não ter gostado da turma de vândalos onde foi inserido, palavras dele, outro por só agora começar a perceber que a vida não é fácil e tem coisas chatas, palavras do próprio;

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro