malandrecos

já dei conta que muitos alunos não sabem gerir os contextos e comportam-se em sala de aula como se estivessem no café; não fazem separação de espaços, não criam fronteiras entre situações ou contextos;

mas há aqueles que sem saberem gerir os contextos sabem tirar proveito disso mesmo;

um exemplo, um aluno vivaço, claramente desafiadora e instigador da paciência de qualquer docente que no café ao lado da escola sabe chamar as atenções dos colegas mas que cria distância com o docente que, na mesa do lado, toma café;

é uma situação algo típica; em sala de aula, quer o predomínio da situação, o controlo do espaço e do docente, qual macho alfa que disputa preponderâncias; no exterior, condicionado que está pela inexistência de fronteiras e pela censura dos outros olhares, se sente condicionado e limitado na sua ação;

muitas das vezes o aluno ou a pessoa, não tem consciência disso, age de forma "natural" e "normal", o docente é que tem de saber gerir o seu espaço e o seu território e afirmar as zonas de fronteira; quando assim não acontece há confusão...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

em pausa pedagógica

a sociedade na sala de aula

de regresso