flexibilidade

de quando em quando retomao a necessidade de a escola ter condições (flexibilidade) para adequar respostas escolares (e educativas) a casos e situações concretas e particulares de alunos;

um aluno, quase 17 anos, desinteressado, desmotivado, perfeitamente indiferente à escola que nada lhe diz;
os pais não sabem o que fazer, apelam ao diretor de turma (entenda-se à escola) para que arranje uma solução; já lhe bateram, já o castigaram e nada; continua a reprovar, desinteressado e sem alternativas sociais;

na escola não há respostas, teria de estar mais à frente para poder integrar um currículo vocacional, teria de estar mais atrás para outros percursos alternativos;

e o que fazer? aguentar o aluno? o aluno que se aguente?

precisa-se de alguma flexibilidade para a criação de respostas adequadas; precisa-se de um alfaiate e não de um pronto a vestir

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro