por acaso

sou dos que defendo e afirmo acreditar no pai natal e no coelhinho da páscoa, mas não acredito em coincidências;

em educação e na escola nada surge por acaso, nada acontece por mera coincidência;

tudo resulta do trabalho (ou da sua falta), da dinâmica (ou da sua ausência), do empenho e determinação (ou dos modos como se orientou e dinamizou o trabalho) que se coloca na ação de todos os dias;

em educação e na escola precisa-se, muito mais que noutros campos, de coerência, persistência, perseverança;

em educação e na escola precisa-se, muito mais que noutros campos, de tempo; para crescer, conhecer, ser, duvidar, questionar, aprender, decidir;

quando muitos se mostram espantados pelo empenho, entusiasmo e trabalho de alguns alunos, em particular daqueles que vivem da fama (e de algum proveito) de nada fazer, não acontece por acaso, não é mera coincidência;

em educação e na escola nada surge por acaso, nada acontece por mera coincidência;

e como gosto de chegar aqui e de ver o quanto se cresceu - muitos nem deram por isso; mas não foi o acaso, foi trabalho....

Comentários

Mensagens populares deste blogue

militância

sobre a flexibilidade

balanço