sobre o exame de português - 9º ano

declaração de interesses: sou docente de história, não de português,  na generalidade não sou a favor de exames; 

passada a declaração dizer que sempre que pego num exame destes, em particular de 4º, 6º e 9º gosto da prova; considero-a bem estruturada, curricular, isto é, avalia uma componente do currículo agrupada em torno da língua portuguesa mas que remete ou faz apelo a conhecimentos de áreas como a história ou a geografia; 

hoje uma vez mais isso se confirma; 

mais, na generalidade os profes não preparam um aluno para este tipo de prova, certamente que se irão notar as diferenças de resultados a partir de agregados e estruturas familiares mas também geográficas; 

a inspeção, chateia a moleirinha com o pedido de articulação vertical e, afinal, o que se devia pedir era a articulação horizontal, ou seja, como, num mesmo conselho de turma, se trabalham problemas, se mobilizam conhecimentos, se cruzam conhecimentos, competências e/ou metas;

tipicamente divagações, se dissesse uma coisa desta num conselho de turma em que estou certamente me diriam que me estava a armar
se calhar estou mesmo

Comentários

Mensagens populares deste blogue

de regresso

a sociedade na sala de aula

em pausa pedagógica