dos exames

falo sobre a escola e a forma que ela assume de (não) preparar os alunos; 

começa amanhã mais uma série de exames; irão determinar quem passa, quem fica, critérios de atribuição de reforço horário ou créditos, rankings escolares, escolas de primeira e as outras; 

não discuto os exames, direi que, por esta altura, serão um mal necessário; mas gostava de trocar ideias sobre o que eles representam na preparação de um aluno para a sua continuidade dos estudos; 

terminou recentemente o semestre letivo universitário; acompanhei uns quantos alunos por questões de afinidade e simpatia; poucos foram os que terminaram o ano limpos, isto é, sem terem deixado cadeiras em atraso; muitos foram os que deixaram mais de duas ou três cadeiras por fazer, uns quantos pura e simplesmente reprovaram no primeiro ano universitário; 

não estavam preparados para a dinâmica de trabalho, não souberam gerir dificuldades e interesses paralelos da universidade, não sabem trabalhar autonomamente; 

colegas docentes universitários perguntam apenas o que fazemos nós no secundário? preparamos os alunos para exame, respondo eu...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

de regresso

em pausa pedagógica

mudar