da escola que temos à escola que queremos

quando escrevi o título pensei que o conhecia de algum lado; rápida pesquisa pelo google e é fácil de identificar as inúmeras entradas que remetem para esta designação;

e a questão é mesmo esta, do que temos e de onde vimos para o que queremos e para onde queremos ir;

será fácil identificar e escrever sobre
o desencanto que a escola provoca aos professores
o desalento que causas a pais e encarregados de educação
a seca que é para a maioria dos alunos
a desadequação que evidencia com o mundo contemporâneo
o caráter algo bafiento dos currículos e dos programas disciplinares

difícil é enfrentar outros modos e identificar outras formas de fazer o mesmo;

mais que dar respostas, que é a grande centralidade da escola de hoje, o desafio passa por saber colocar perguntas;
mais do que penalizar o erro ou aquele que é diferente, o desafio passa por saber aprender com o erro e com o diferente;
mais do transmitir conhecimentos feitos, o desafio passa por construir o conhecimento;
mais que contextualizar programas ou o currículo o desafio passa por criar currículos e programas em contexto;

agora, termino eu, o desafio é como, como enfrentar os desafios

Comentários

Mensagens populares deste blogue

de regresso

em pausa pedagógica

mudar