um dia no museu

e foi um dia bem passado;

não foi o dia, foi uma manhã passada no museu nacional de arte antiga; depois andamos por lisboa, rossio, martim moniz a ver, nas palavras de alguns alunos, "gente esquisita";

que se agrada a todos? nem de perto nem de longe;

que todos gostaram? nem por isso, antes pelo contrário; para alguns foi uma seca (porque foi mesmo ou, para alguns, apenas por mera retórica juvenil de diferenciação, de demarcação - há que perceber a coisa);

que foi um dia bem passado? foi sim senhor; sou eu que o digo e a avaliação que o pessoal (os alunos) fizeram e fazem (em termos individuais de conversa, depois em termos de formulário);

duas notas;
destacar o papel das "guias" do serviço educativo - impecáveis; digo mais, im-pe-cá-veis; no atendimento, no encaminhamento, no apoio, na explicação e enquadramento, na simpatia, na amabilidade, na disponibilidade; fossem todos os funcionários assim, de onde quer que seja, e isto era uma maravilha; obrigado;

a concretização do objetivo; muitos dos alunos que ali foram dificilmente, para não dizer que muito provavelmente nunca mais lá entrarão; foi a oportunidade de ver coisas diferentes, de ficarem calados, de ouvirem, de descobrirem, de verem outras coisas, outros mundos;

valeu a pena; e a companhia das colegas que tiveram a amabilidade de me acompanhar... obrigado;

hoje todos queriam mais, assim, diziam, vale a pena...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

militância

sobre a flexibilidade

balanço