Funcionário

especializado e técnico

nem mais, gostei de ouvir...

conversa entre professores, no meio do corredor,

criticava-se o facto de (por vezes demasiadamente evidente quanto irritante, para mim) existirem professores que mais não são que meros e simplistas funcionários públicos;

exercem funções na escola, se estivessem no centro de saúde, na câmara municipal, na segurança social ou qualquer outro sítio teriam a mesma postura, dariam a mesma imagem de esperar ordens, cumprir zelosamente o estipulado, quase que evidenciando saudadinhas pela famosa folha azul de 25 linhas que uniformizava a minuta, continha o texto, desprovido de ideias e ausente de qualquer forma emocional;

agora uma colega vá de dizer, sim senhor, sou funcionária pública, sim senhor, mas especializada...

ah pois é

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro