Conceitos

Ao se redigir um projeto educativo é conveniente, penso eu, esclarecer conceitos, ser claro quanto a ideias comuns;

Penso eu que seja conveniente não misturar alhos com bugalhos e, para que não haja confusão, dizer o que se entende por aquelas ideias mais banais, mais vulgares;

Por exemplo, o que entendemos por qualidade? E por qualidade educativa?

O que se entende por currículo?

É que a linguagem educativa (o famoso eduquês) varia consoante a nossa experiência, o nosso enquadramento, a formação ou mesmo por via de ideias;

Não é conveniente dar o natural por adquirido quando, em educação, tudo é uma construção social que depende, e muito, da palavra.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro