obrigado professor

lembro-me da maior parte dos meus professores, de muitos deles;

desde a então escola primária, a minha professora Gertrudes Caeiro, de quem levei reguadas até mais não,

de muitos dos professores do 2º ciclo, apesar de não recordar os seus nomes,

daqueles que me acompanharam no 3º e que prolongaram pelo secundário, César Cardoso, Cândida Pinto, o Zé Grandela, Madalena Pimental, Celeste Carvalhal, João Leitão (foi meu professor no 2CEB, de educação física, e no secundário, de História), a Maria, Vitor Caeiro,

ou e por que me marcaram na escolha que fiz de vida em seguir História, Afonso Henriques Carvalho ou Celestino David,

há uns quantos mais que recordo com saudade e carinho, mas que não lembro o nome;

ena tantos que me aturaram; e sei que não fui fácil de aturar;

todos eles me marcaram, cada qual com as suas caraterísticas, com a sua pessoa, com as suas disciplinas, com a sua forma de ensinar;

mas há um que digo à boca cheia que foi o professor que mais me marcou, de quem tenho mais saudades, que recordo com emoção, de quem repito adizeres e lugares comuns da escola e do ensinar;

conheci-o no meu primeiro ano da universidade de évora, marcou-me a ferro e fogo para sempre,

José Nascimento Dias Sena; 

obrigado professor

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro