o tempo e o modo

ontem destaquei esta imagem para me interrogar como é que um concelho se pode afirmar na defesa cultural com taxas de abandono e insucesso como as que tem?, como se formam públicos iletratos? há coisas que eu não entendo, mas sou eu;

hoje utilizo a mesma imagem para dar conta das diferenças entre os anos 70 do século passado e o tempo atual;

um(a) professor(a), central na imagem, um quadro e giz, escrita e apontamentos, certamente que conversa, costas com o grupo de ouvintes;

os "alunos" são espetadores, ouvintes, não participam no processo a não ser pela sua presença;

passaram mais de 40 anos, o modelo persiste; justifica-se?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

militância

sobre a flexibilidade

balanço