comportamentos

tenho de reconhecer alguma surpresa na descrição de comportamentos de uma (ou de várias) turmas da escola onde estou;

são descrições que tocam o grosseiro, a manifesta falta de educação; mas também onde quase todos pedem ajuda e orientação, os professores por que se sentem confrontados, os pais por que não fazem ideia do que fazer, os próprios alunos que entre atenção e simples estupidez marcam terreno incerto;

e o que fazer? essencialmente quando a coisa (a solução ou os comportamentos) não têm uma causa, mas muitas e diferentes, quanto não basta uns agirem mas muitos?

falta cultura, faltam perspetivas de vida, precisa-se urgentemente de conhecer e ver outras pessoas, outros modos de ser e estar;

desagua no rossio a falta de sentidos e de futuros, as diferenças entre o eu e o nós, o campo e a cidade, o passado e o futuro;

e a escola sem soluções; a escola hoje não vai em frente, cava o buraco com o passado e deixa uns e outros de cada lado;

onde estaremos nós?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

militância

sobre a flexibilidade

balanço