coisas novas

a universidade de Évora, por intermédio do seu centro interdisciplinar de história, cultura e sociedade (CIDEHUS) disponibilizou recentemente um recurso interessante (para os grupos 200 e 400, área de história) e lançou com ele um questionário a docentes;

estive a ver de forma corrida o recurso e respondi ao questionário; sem grandes conhecimentos que não seja a curiosidade de docente, a formação inicial em história e considero o recurso interessante para se trabalhar em sala de aula e uma óptima contrapartida complementar aos recursos mais que habituais (e algo desgastados) das editoras;

mas mais que isso considero o questionário interessante por perspetivar formas de colaboração que, pessoalmente, não tenho nem sentido, nem descortinado entre as escolas e a universidade de évora; muito pelo contrário, o que sinto de há muito é o claro afastamento da universidade de évora a um mundo (e mercado) que podia ser deveras interessante;

não sei por que não funciona, se por (des)interesses de parte a parte, se por escassez ou mesmo falta de recursos (financeiros, pois claro) se apenas por falta de oportunidade ou desencontros, mas que devia funcionar, lá isso devia, penso que ganhariam as escolas e os seus aluno, para já não falar na possibilidade de aprofundar conhecimentos e competências por parte dos docentes, mas ganharia também a universidade, quer em projetos que têm sempre, ou quase sempre, fontes de financiamento interessantes, como em nome, projeção e reconhecimento;

o projeto está disponível aqui;

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro