P/Maternalismos

é coisa habitual, comum e faz parte do trabalho docente e cobre uma significativa dimensão profissional - o hábito de tratar os alunos e as turmas de forma paternalista ou maternalista, consoante as circunstâncias;

é aquele cuidado especial como se a oratória fizesse efeito e o aluno entendesse o que se diz; é o poder pastoral há muito tratado e abordado como forma de ensino, de retificação de comportamentos ou de estados de alma;

reconheço que é uma atenção na relação que é essencial numa profissão onde os afectos e as emoções estão, muita das vezes, à flor da pele;

contudo, costumo dizer que tudo o que é demais é mau; e há professore/as que abusam;

e onde disse a alguém, não seja mãe deles, sê professora deles;

de vez enquando, mesmo com os nossos, é preciso deixarmos de ser excessivos e sermos aquilo que somos - pais ou mães, professores ou professoras...

só assim eles crescem...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro