sobre a flexibilidade

o governo, a tutela parece que interrogou umas quantas escolas para as "convidar" a integrar a experiência da flexibilidade curricular;

segundo sei por algumas daquelas onde o convite se deu, discussão parece que não houve; conversa também não, auscultação de vozes e/ou sensibilidades ou foram escassas ou não existiram;

mas querem fazer a coisa com quem?

quem é que tem que assumir a flexibilidade? diretores ou professores? alunos ou comunidade?

há coisas que começam tortas

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro