falta de

qualquer coisa; ou de falta de palavras para a descrever, ou apenas decoro para não me esticar publicamente - que fica sempre menos bem, mais ainda a um stor;

mas,

dizem que sou candidato a diretor - de escola em que nem sequer sei se estarei quando isso se colocar, se é que se colocará e se estou ou estarei interessado;

à falta de resposta, porque a minha indiferença é marca, dizem que estou a fazer-me a acho socialista;

e porque não uma panela;

dizem isto e mais aquilo, em assumidas insinuações de mesquinhez, dor de cotovelo e simples e mera estupidez;

e digo mais, é ESTÚPIDO,

mas se ficam felizes, quem sou eu para contrariar;

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro