coisas de mim

este espaço, quase desde sempre, adquiriu uma dimensão de diário profissional;

aqui discorro sobre o que me rodeia, em particular aquilo que faço e que gosto de fazer, trabalhar na escola, pensar dinâmicas com os alunos, perspectivar a educação como um instrumento de desenvolvimento social (pessoal e local);

escrever é uma forma de me pensar, de dar sentido aos dias e aos momentos que, por vezes, não têm sentido; escrever é uma forma de me sentir acompanhado, de estar comigo, por vezes de forma intragável, outra nem tanto

mas, de vez enquando, não me apetece perspectivar nada, escrever sobre coisa nenhuma; escrever desgasta; quem tem opinião não cai nas graças de ninguém nem de nada; facilmente me apontam a ortografia, o léxico, nada de monta,

mas, em momentos de mais cansaço direi, como outros, que quando estou calado, quando nada escrevo até pareço um poeta

Comentários

Mensagens populares deste blogue

militância

sobre a flexibilidade

balanço