segregação

ou a perpetuação das diferenças

há dias um qualquer jornal nacional trazia em  primeira página que a grande maioria dos alunos do profissional são negros, pr'aí empurrados;

no meu alentejo, em trabalho que desenvolvo, dá para reparar que grande parte (estatisticamente falando) dos alunos que frequentam os cursos vocacionais são filhos de gente humilde, rural, com pais de baixa escolarização e, também na generalidade, de profissões pouco qualificadas;

será que a escola perpétua situações, faz com que o passado esteja sempre presente?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

o envolvimento do aluno

militância

Fomos ao teatro