desajustamentos


relativamente ao meu relatório sobre comportamentos escolares há um conjunto de ideias que, na minha leitura dos dados, sobressaem e que cruzam os diferentes ciclos de ensino - é uma leitura minha, pois claro, enformado que está por formação académica, leitura e gosto da coisa, experiência pessoal e profissional e uma forma (assumidamente diferente) de estar e ser docente; 

Entre todas as ocorrências e entre os diferentes ciclos de ensino e turmas, nota-se o crescente desajustamento entre a dinâmica e o interesse dos grupos, os conteúdos e os interesses, o currículo e as disciplinas, a ação individual e os movimentos coletivos; Desajustamento que se expressa:

pelo lado do aluno, na indiferença, no alheamento, no absentismo quando não no confronto negocial ou autoritário;

por parte do professor, na dificuldade de diferenciar respostas, de ir além do ensinar a muitos como se de um só se tratasse; no trabalho isolado, gregário, distante do outro;

por parte da escola, na dificuldade de respostas de apoio, compensação ou encaminhamento diferenciado, individual; local e oportunidade de descoberta da pessoa (aluno ou profissional, social ou escolar);

por parte dos pais/encarregados de educação, na incapacidade, quando não mesmo na impotência de alternativas;




Comentários

Mensagens populares deste blogue

de regresso

mudar

em pausa pedagógica