Parvo

Obtém escrevi sobre o processo concursal para diretor de escola/agrupamento, hoje acrescento;

Apresenta-se um projeto que deve reunir ideias e ações, objetivos e indicadores do que se pretende e do que se quer alcançar;

Apresenta-se o currículo, feito de histórias e opções, escolhas e sentidos de vida dando conta do que fizemos e de quais as competências para o que nos propomos;

Exige-se formação na área feita sempre por conta e risco de cada um, independentemente dos níveis, graus ou títulos que possa conferir apesar disso mesmo, a formação, ser factor de diferenciação social e económico;

Depois vota-se, manda-se à merda tudo o que ficou para trás e escolhe-se livremente;

Então para quê tudo o resto?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

de regresso

em pausa pedagógica

mudar