ave rara

de quando em vez tenho consciência da ave rara que sou;

essencialmente por estar (e me sentir) deslocado da sala de profes;

tenho manifestas dificuldades em me sentir ali, de estar ali, de me reconhecer em conversas, em posturas, em atitudes, em práticas;
(e até podem comentar que é por manifesta soberba ou arrogância, que provavelmente até será)

irá condicionar uma escolha concursal, disso estou tão certo que aqui fica escrevido 
(para memória futura);

mas sou eu mesmo que cada vez mais sou ave rara;

Comentários

Mensagens populares deste blogue

em pausa pedagógica

de regresso

uma questão de poder